História da famosa 29ª Divisão de Infantaria: A Divisão do Taekwondo.

Por: Alcione Costa

Pouco antes do fim da Guerra da Coréia (25/06 e 27/07/1950), o Estado Maior das Forças Armadas da República da Coréia ainda estava formando algumas poucas Divisões para seus efetivos militares.

O General Baek, Sun Yub, chefe do Comando Maior do Exército da Coréia do Sul, determinou ao General Choi criar a 28ª Divisão de Infantaria, e o General Choi perguntou ao General Baek, se esta seria a última Divisão a ser formada. O General Baek respondeu que a última seria a 29ª, daí Choi pediu para formar a 29ª e Baek concodou.

Então, exatamente no 3º mês do 2º semestre do ano de 1953 esta Divisão foi estabelecida sendo designado o General Choi Hong Hi como seu comandante e situando-se inicialmente na ilha de Cheju.

A 1ª providência do General Choi foi criar o distintivo para a bandeira da Divisão, do nº. 29 ele escolheu o nº. 2 para simbolizar a divisão da península e também escolheu a figura de um punho para simbolizar o nº. 9.

A 2ª tarefa foi escolher a composição do comando do Staff (Estado Maior) da Divisão para auxiliar no treinamento de exercícios militares (estratégias, táticas, etc). Ele convocou o Coronel Ha, Chung Kab e o Tenente Corenel Kim Hang Mok. Recrutou também os peritos militares originários da Chung Do Kwan: Mestre Nam Tae Hi e instrutor Han Cha Kyo para auxiliar no treinamento de Tangsoodo. Naqueles tempos Choi ainda chamava a arte de Tangsoodo, pois as características e qualidade das técnicas, mesmo já com algumas adaptações, ainda não eram muito diferentes das que ele tinha praticado no Japão.

Após verem a bandeira com o distintivo, as pessoas apelidaram a 29ª de ´A Divisão do Punho`.

Para seus oficiais e instrutores de Tangsoodo, Choi passou-lhes específicas ordens: Durante o treinamento (aulas) de Tangsoodo o praticante tinha que saudar (curvar-se) ao instrutor, independente da graduação militar. Por outro lado, fora do Ginásio (Dojang), para a continência (saudação) prevalecia a hierarquia militar.

A combinação de exercícios militares com a rígida e intensa prática de Tangsoodo tornou esta Divisão única entre as demais. Eles estavam prontos, extremamente treinados, com extraordinário preparo e notável formação, aptos para lutar com ou sem armas.

Foi justamente quando Choi estava no comando da 29ª Divisão de Infantaria que aconteceu a tão falada e decisiva demonstração desta arte, e com conseqüências tão significativas (positivas) que impressionaram o 1º Presidente da República da Coréia, Syng Man Rhee.

Poucos anos depois, com o advento do nome ´Taekwondo`, esta Divisão ficou ainda mais famosa, sendo conhecida por toda a península como a ´Divisão do Taekwondo`.

O Autor, Alcione Costa é um intenso pesquisador da história e das artes marciais coreanas.